sábado, 16 de julho de 2011

Crítica - Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2.

Tudo chega ao fim, a guerra entre o bem e o mal é vencida e a amizade continua sendo a mais poderosa arma.



Eu cresci vendo Harry Potter, me lembro até hoje da primeira vez que vi Harry Potter e a Pedra Filosofal. Eu tinha apenas, mais ou menos, 3 anos de idade e me lembro que, depois de um rosto sair de um livro e começar a gritar, dentro da ala proibida da biblioteca, desliguei rapidamente a TV e disse "Mãe, to com medo."

Ver tudo isso acabando foi bem triste para mim, toda a magia ganhando um ponto final. Mesmo sabendo que poderia ler e reler o livros e rever os filmes e melhor ainda ir ao parque do Harry Potter em Orlando, fiquei muito triste.


Ok... Vamos agora para a crítica... O filme definitivamente foi feito para os fãs que viram os outros, pois ele não tem começo, apenas o fim de outros 7 filmes. Quem apenas viu um dos filmes não vai sentir a mesma emoção que os fãs sentem e talvez nem goste.

Eu amei, quase chorei em muitas partes, mas o cinema inteiro, lotado, chorava. Nas partes mais calmas dava para ouvir os soluços de todos. O filme é bem diferente do livro, mas ficou tão bom quanto. Muitas partes foram alteradas, mas de uma forma muito bem feita, deixando ainda todas as emoções e sentimentos.

A cena do roubo no Banco Grigotes, foi uma cena um pouco ruim para mim, mas eu intendo que esse não era o foco do filme. Essa cena foi mais para dar um começo ao filme, era um prólogo para toda a ação da batalha final, que é o máximo. Amei ver Snape e Neville se revelando fortes e leais.

O filme é bem emocionante, cheio de ação e emoções fortes, um "que" de terror, e um certo drama. Muitos personagens queridos mortos em batalha. Muito choro e soluços, mas, como em todos os filmes da série, a amizade e o amor prevalece. Mesmo para mim que li o livro, e sabia de tudo que ia acontecer, o filme fez meu coração bater mais forte. Estou até agora emocionado.


E quando chega a cena dos personagens principais embarcando seus filhos no trem da plataforma nove três quartos, em direção para a escola de magia e bruxaria de hogwarts, senti mutas sensações ao mesmo tempo, tristeza, felicidade, desapontamento, ansiedade, raiva e muitas outras emoções juntas circulando em minha alma e meu primeiro pensamento:

"ACABOU".

7 comentários:

  1. a primeira vez em que vi harry poter, eu tinha 11 anos. lembro de estar no cinema sozinha e quando via umas cenas sinistras enfiava cara no balde de pipoca. bons tempos e agora tudo acabou.

    ResponderExcluir
  2. a parte que mais gostei foi a morte da Belatriz.
    Ela se foi tarde mas é como dizem...
    Vaso ruim não quebra fácil.

    ResponderExcluir
  3. Harry potter é legal mas tem um substituto ainda melhor as cronicas do gelo e fogo pra quem gosta de ler é d+!!!

    ResponderExcluir
  4. A primeira vez q eu vi Harry Potter tinha 4 anos e adorei ele. Eu vi todos em sequência desde pequena. Eu aprendi a ler antes de meus colegas, (com 6 anos.) e li todos os livros. Quando soube que os personagens mais queridos iriam morrer chorei muito, e quando chegou o último filme, não tive coragem de ver. :(

    ResponderExcluir
  5. to pouco me lixando pra esse viado potter

    ResponderExcluir
  6. Como um adolescente eu adorava assistir a filmes da saga. Há poucos dias vi novamente Harry Potter en HBO e eu de bom grado recordar algumas das performances de Emma Watson e Daniel Radcliffe, também os cenários são surpreendentes.

    ResponderExcluir